Escola contrata Merendeira

Publicidade

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), ou Merenda Escolar como é comumente conhecido, é um dos maiores programas de alimentação escolar e é reconhecido como um sucesso mundial. Em 1955, pela Lei nº 37.106, teve início o movimento da merenda escolar, monitorado e verificado pelo Ministério da Educação. A campanha passou por várias etapas até chegar ao formato que é hoje.

Décadas atrás, o governo enviava refeições quase prontas para as escolas. As cozinheiras apenas os colocam em água fervente, misturam e esperam que cozinhem. A partir de 1994, o governo parou de enviar alimentos, mas passou a destinar recursos para algumas cidades e estados comprarem.
Desde então, a alimentação escolar é fornecida de acordo com os hábitos dos alunos, utilizando alimentos frescos.
Em 2009, as escolas passaram definitivamente a aceitar alimentos in natura e, com isso, a manipulação dos alimentos tornou-se maior, exigindo mais trabalho e cuidados com a merenda escolar. Década após década, o trabalho do chef passou por diversas transformações, tornando-se mais intenso e complexo.

Publicidade

É importante que a merendeira, com o apoio de um nutricionista, seja adequadamente treinada para planejar e monitorar suas atividades para que possa desempenhar suas inúmeras tarefas com proficiência.
Atualmente, nas escolas brasileiras, as merendeiras têm muitas responsabilidades, desde a limpeza e arrumação da cozinha até a entrada no preparo dos alimentos.

Funções de uma merendeira

Dentre as atribuições de uma merendeira estão:

  • Assegurar a limpeza e organização da cozinha;
  • Obter as instruções necessárias de nutricionistas e conselhos escolares;
  • Receber alimentos e outros materiais para a merenda escolar;
  • Controlar o estoque de produtos utilizados na merenda escolar;
  • Armazenar os alimentos em perfeitas condições comestíveis;
  • Preparar refeições para os alunos de acordo com o cardápio do dia de acordo com receitas padronizadas enquanto os alunos estão na escola;
  • Distribuir refeições em horários designados pela direção da escola;
  • Organizar os materiais de sua responsabilidade na cozinha e nos anexos da cozinha (despensa, lavabo, se dedicado a marmitas);
  • Cuidar da manutenção do material e do local que você cuida;
  • Usar uniformes fornecidos pelo serviço de alimentação escolar ou pelo conselho escolar.

    Habilidades necessárias para se tornar uma merendeira

    Uma merendeira deve sempre se atentar a esses pontos:

    • Prestar atenção à higiene pessoal: mantenha cabelos, unhas e corpo sempre limpos.
    • Lavar as mãos com frequência: evite contaminar alimentos e espalhar doenças.
    • Manter a cozinha esteja limpa e organizada: o ambiente em que os alimentos são manipulados precisa ser organizado e o mais higiênico possível.
    • Higienizar e armazenar cada tipo de alimento: alguns vegetais precisam ser pré-temperados para retirar os agrotóxicos, é preciso conhecer os detalhes desse tipo; se alguns alimentos forem armazenados devem ser refrigerados ou apenas em temperatura ambiente.
    • Saber trabalhar em equipe: você não estará sozinha ao trabalhar na cozinha da escola, terá assistentes. É importante saber se conectar, delegar tarefas e ter energia suficiente para que, na hora das refeições, tudo esteja pronto.
    • Dominar suas habilidades culinárias: saber preparar as refeições do cardápio semanal e dominar as habilidades culinárias é essencial para evitar qualquer transtorno.

      Suas principais responsabilidades serão:

      • Realizar o cálculo e solicitação de insumos e suprimentos de acordo o planejamento da cozinha;
      • Receber as mercadorias, realizando rigoroso controle de qualidade no recebimento das matérias primas;
      • Fazer o correto armazenamento das matérias primas disponíveis em estoque;
      • Controlar e inventariar os estoques de produtos utilizados na alimentação escolar;
      • Zelar pela limpeza e organização da cozinha, mantendo o material sob sua responsabilidade organizado nas dependências da cozinha;
      • Realizar a limpeza e desinfecção das áreas da cozinha e também dos utensílios utilizados;
      • Realizar a manipulação higiênica dos alimentos, observar o controle de contaminação cruzada;
      • Organizar o processo de preparação dos alimentos, observando as condições de limpeza e higiene;
      • Preparar as refeições e fórmulas lácteas destinadas às crianças de acordo com a receita padronizada e o cardápio do dia;
      • Realizar o serviço de entrega da alimentação;
      • Deixar registrado, sempre que necessário, os pontos críticos no processo de alimentação.

      Para assumir essa posição, você deverá ter os seguintes requisitos:

      • Ensino médio ou técnico completo;
      • Formação complementar em áreas afins, como por exemplo curso em higiene e manipulação de alimentos; técnicas em alimentação coletiva; técnicas em gastronomia;
      • Experiência anterior em cozinha e manipulação de alimentos;
      • Possuir fácil acesso a bairros da Zona Sul e Zona Oeste;
      • Desejável vivência no setor de educação (escolas) ou hospitalar.

      Horário de trabalho:

      • Disponibilidade para trabalhar 44 horas semanais, de segunda a sexta-feira, das 07h00 às 17h00.

Os interessados acessar o link, e enviar seu respectivo currículo. Boa Sorte.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima